Imprimir

Comissão de Urbanismo discute parque tecnológico

Os representantes da Univille, Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), Pontifícia Universidade Católica (PUC) e Universidade para o Desenvolvimento de Santa Catarina (Udesc), participaram da reunião da Comissão de Urbanismo, na tarde de hoje, para tratar sobre a implantação do InovaPark, ou o parque tecnológico das universidades que terá uma atuação conjunta com empresas e Poder Público, exclusivamente em pesquisas básicas e científicas. De acordo com Marcelo Leandro de Borba (Univille) será um projeto inédito no Brasil onde quatro universidades se unem com o mesmo objetivo numa área, recém adquirida, com 60 mil m², onde atuarão quatro mil acadêmicos, técnicos, professores, funcionários e outros profissionais. Diante dos questionamentos sobre os quesitos solicitados para mudança de zoneamento da área a engenheira, Geórgia Cristina Roveda Campos (Univille) contemporizou explicando que, os diversos itens constados na lei, de forma técnica, não significa que serão seguidos em sua integralidade, “apenas o que é extremante necessário para o funcionamento do projeto”. O vereador Jucelio Girardi defendeu a instalação do centro tecnológico para o desenvolvimento industrial de Joinville, mas questionou aspectos como impacto de vizinhança, impacto ambiental e a realização de audiência pública para discutir o projeto. O vereador Juarez Pereira concordou com Girardi e questionou por quê o InovaPark não foi planejado para funcionar no futuro campus da UFSC, nas proximidades da “Curva do Arroz”, na BR-101. A resposta foi dada por Carlos Alberto Lessa (Udesc) que justificou instalação do parque tecnológico no âmbito do campus da Univille e Udesc, pois serão dessas instituições a maior parte dos mestres em pesquisas científicas que deverão fácil acesso, “ficará muito difícil eles terem de se deslocar grandes distâncias para exercerem suas funções”, enfatizou. O presidente da comissão, vereador Lauro Kalfels solicitou que um técnico representante das universidades atue em conjunto com os técnicos do legislativo para a elaboração do projeto de lei dentro de um ajuste técnico que encontre, após todos os trâmites legais, o melhor caminho para a sua implantação. Participaram da reunião também o representante da PUC, Cláudio Von Doknal e da UFSC, Carlos Maurício Sachelli, além do vereador João Rinaldi.