Imprimir

Câmara abrirá comissão especial sobre segurança

Nos próximos dias, a Câmara de Vereadores de Joinville abrirá uma comissão especial para apurar a falta de investimentos em segurança pública e o aumento da criminalidade em Joinville. O requerimento nº 219, de 17/11/2010, de autoria do vereador Belini Meurer, foi aprovado em plenário na noite desta terça-feira, dia 15. A comissão será composta por cinco membros, todos indicados pelos líderes partidários e representantes da minoria.

No início da sessão, o presidente do legislativo, o vereador Odir Nunes, com o aval dos demais vereadores, quebrou o protocolo para entregar em mãos aos legisladores um exemplar do livro “Da comuna aos tempos atuais: A história do legislativo de Joinville”. O livro pode ser adquirido virtualmente através do portal da Câmara, no endereço www.cvj.sc.gov.br.

Todos os trabalhos apresentados durante a sessão foram aprovados. Destaque para a moção nº 56/11 do vereador Jucélio Girardi. No documento, Jucélio aplaude a Celesc pelo lançamento do Projeto "Sou Legal, Tô Ligado", que prevê a substituição de lâmpadas incandescentes por fluorescentes compactas em Santa Catarina, que refletirá em economia direta no valor da conta de energia com iluminação de qualidade para todos. Outro assunto comentado na sessão foi a moção do vereador Maurício Peixer. Na moção, o vereador parabeniza a “Central Solidária”, o Rotary Clube Manchester e a Associação Joinvilense de Organizações Sociais(AJOS), pelos serviços prestados ao povo do Rio de Janeiro, Joinville e outros municípios catarinenses afetados pelas fortes chuvas.{jcomments on}