• Sessão Especial de julho 
  • Siga a CVJ nas redes sociais
  • Sessão Especial de junho
  • Sessão Solene
  • AP
  • A gente faz
Imprimir
PDF

Comissão de Saúde define calendário de reuniões

A Escola Técnica de Enfermagem Advance mandou uma correspondência ao invés de um representante para esclarecer aos vereadores integrantes da Comissão de Saúde da Câmara de Vereadores sobre denúncias de possíveis irregularidades na cobrança do estágio supervisionado. Na reunião, ocorrida na tarde de ontem, o presidente da comissão, vereador Adilson Mariano manifestou-se indignado ao inteirar-se do conteúdo da carta onde a escola recuou da obrigatoriedade do pagamento integral oferecendo um “prêmio” ao aluno que manter as prestações em dia: este estará isento do pagamento das últimas duas parcelas do estágio. “Essa manobra demonstra que havia algo irregular na cobrança”, disse Mariano. Ainda, de acordo com o parlamentar, os alunos serão orientados a procurarem o Procon e registrarem queixa contra o estabelecimento escolar, forçando-os a reverem o valor do reajuste imposto aos estudantes. Na oportunidade também foi definido que, em função da demanda de assuntos relativos a saúde, serão realizadas reuniões semanais (ver quadro).

Dias

Assuntos

Convidados

30/03

Problemas no Jardim Sofia

Secretaria da Saúde, Regional do Jardim Paraíso, Seinfra, Conurb, Felej e Seplan

06/04

Resolutividade dos atendimentos na rede básica de saúde pública.

Gestão de Pessoas, Secretaria da Saúde, PAs, Estratégia de Saúde da Família (ESF), Atenção Básica, hospitais e outros

07/04

Audiência pública sobre Dia Mundial da Saúde

Todos interessados no assunto integrantes da área da saúde e público em geral

13/03

Botulismo

Hospital Regional, Gerência Regional de Saúde/Vigilância Sanitária, familiares das vítimas de caso recente

 

 

Imprimir
PDF

Comissão de Saúde define calendário de reuniões

A Escola Técnica de Enfermagem Advance mandou uma correspondência ao invés de um representante para esclarecer aos vereadores integrantes da Comissão de Saúde da Câmara de Vereadores sobre denúncias de possíveis irregularidades na cobrança do estágio supervisionado. Na reunião, ocorrida na tarde de ontem, o presidente da comissão, vereador Adilson Mariano manifestou-se indignado ao inteirar-se do conteúdo da carta onde a escola recuou da obrigatoriedade do pagamento integral oferecendo um “prêmio” ao aluno que manter as prestações em dia: este estará isento do pagamento das últimas duas parcelas do estágio. “Essa manobra demonstra que havia algo irregular na cobrança”, disse Mariano. Ainda, de acordo com o parlamentar, os alunos serão orientados a procurarem o Procon e registrarem queixa contra o estabelecimento escolar, forçando-os a reverem o valor do reajuste imposto aos estudantes. Na oportunidade também foi definido que, em função da demanda de assuntos relativos a saúde, serão realizadas reuniões semanais (ver quadro).

Dias

Assuntos

Convidados

30/03

Problemas no Jardim Sofia

Secretaria da Saúde, Regional do Jardim Paraíso, Seinfra, Conurb, Felej e Seplan

06/04

Resolutividade dos atendimentos na rede básica de saúde pública.

Gestão de Pessoas, Secretaria da Saúde, PAs, Estratégia de Saúde da Família (ESF), Atenção Básica, hospitais e outros

07/04

Audiência pública sobre Dia Mundial da Saúde

Todos interessados no assunto integrantes da área da saúde e público em geral

13/03

Botulismo

Hospital Regional, Gerência Regional de Saúde/Vigilância Sanitária, familiares das vítimas de caso recente

 

 

Imprimir
PDF

Comissão de Urbanismo discute parque tecnológico

Os representantes da Univille, Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), Pontifícia Universidade Católica (PUC) e Universidade para o Desenvolvimento de Santa Catarina (Udesc), participaram da reunião da Comissão de Urbanismo, na tarde de hoje, para tratar sobre a implantação do InovaPark, ou o parque tecnológico das universidades que terá uma atuação conjunta com empresas e Poder Público, exclusivamente em pesquisas básicas e científicas. De acordo com Marcelo Leandro de Borba (Univille) será um projeto inédito no Brasil onde quatro universidades se unem com o mesmo objetivo numa área, recém adquirida, com 60 mil m², onde atuarão quatro mil acadêmicos, técnicos, professores, funcionários e outros profissionais. Diante dos questionamentos sobre os quesitos solicitados para mudança de zoneamento da área a engenheira, Geórgia Cristina Roveda Campos (Univille) contemporizou explicando que, os diversos itens constados na lei, de forma técnica, não significa que serão seguidos em sua integralidade, “apenas o que é extremante necessário para o funcionamento do projeto”. O vereador Jucelio Girardi defendeu a instalação do centro tecnológico para o desenvolvimento industrial de Joinville, mas questionou aspectos como impacto de vizinhança, impacto ambiental e a realização de audiência pública para discutir o projeto. O vereador Juarez Pereira concordou com Girardi e questionou por quê o InovaPark não foi planejado para funcionar no futuro campus da UFSC, nas proximidades da “Curva do Arroz”, na BR-101. A resposta foi dada por Carlos Alberto Lessa (Udesc) que justificou instalação do parque tecnológico no âmbito do campus da Univille e Udesc, pois serão dessas instituições a maior parte dos mestres em pesquisas científicas que deverão fácil acesso, “ficará muito difícil eles terem de se deslocar grandes distâncias para exercerem suas funções”, enfatizou. O presidente da comissão, vereador Lauro Kalfels solicitou que um técnico representante das universidades atue em conjunto com os técnicos do legislativo para a elaboração do projeto de lei dentro de um ajuste técnico que encontre, após todos os trâmites legais, o melhor caminho para a sua implantação. Participaram da reunião também o representante da PUC, Cláudio Von Doknal e da UFSC, Carlos Maurício Sachelli, além do vereador João Rinaldi.

Imprimir
PDF

Comissão de Urbanismo discute parque tecnológico

Os representantes da Univille, Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), Pontifícia Universidade Católica (PUC) e Universidade para o Desenvolvimento de Santa Catarina (Udesc), participaram da reunião da Comissão de Urbanismo, na tarde de hoje, para tratar sobre a implantação do InovaPark, ou o parque tecnológico das universidades que terá uma atuação conjunta com empresas e Poder Público, exclusivamente em pesquisas básicas e científicas. De acordo com Marcelo Leandro de Borba (Univille) será um projeto inédito no Brasil onde quatro universidades se unem com o mesmo objetivo numa área, recém adquirida, com 60 mil m², onde atuarão quatro mil acadêmicos, técnicos, professores, funcionários e outros profissionais. Diante dos questionamentos sobre os quesitos solicitados para mudança de zoneamento da área a engenheira, Geórgia Cristina Roveda Campos (Univille) contemporizou explicando que, os diversos itens constados na lei, de forma técnica, não significa que serão seguidos em sua integralidade, “apenas o que é extremante necessário para o funcionamento do projeto”. O vereador Jucelio Girardi defendeu a instalação do centro tecnológico para o desenvolvimento industrial de Joinville, mas questionou aspectos como impacto de vizinhança, impacto ambiental e a realização de audiência pública para discutir o projeto. O vereador Juarez Pereira concordou com Girardi e questionou por quê o InovaPark não foi planejado para funcionar no futuro campus da UFSC, nas proximidades da “Curva do Arroz”, na BR-101. A resposta foi dada por Carlos Alberto Lessa (Udesc) que justificou instalação do parque tecnológico no âmbito do campus da Univille e Udesc, pois serão dessas instituições a maior parte dos mestres em pesquisas científicas que deverão fácil acesso, “ficará muito difícil eles terem de se deslocar grandes distâncias para exercerem suas funções”, enfatizou. O presidente da comissão, vereador Lauro Kalfels solicitou que um técnico representante das universidades atue em conjunto com os técnicos do legislativo para a elaboração do projeto de lei dentro de um ajuste técnico que encontre, após todos os trâmites legais, o melhor caminho para a sua implantação. Participaram da reunião também o representante da PUC, Cláudio Von Doknal e da UFSC, Carlos Maurício Sachelli, além do vereador João Rinaldi.

Imprimir
PDF

Campeã de oratória visita o legislativo

Levar as técnicas da oratória a rede municipal de ensino é o desejo de Lena Souza, campeã mundial de oratória e formada pela JCI/Brasil (www.jci.org.br). Nesta tarde, Lena foi recebida pelo presidente da Câmara, vereador Odir Nunes e o vereador João Rinaldi. No encontro, ela expressou a necessidade do suporte da Câmara e da Prefeitura para disseminar nas escolas públicas os concursos de oratória, famosos em todo o mundo. Especialista em comunicação, Lena foi presenteado com o livro que conta a história da Câmara e recebeu o suporte do legislativo para futuras ações no trato da educação.

Portal da Transparência

Você pode acompanhar toda a prestação de contas da Câmara de Vereadores de Joinville por meio dos menus ao lado. Para mais informações, com base na Lei de Acesso à Informação, utilize o e-mail.

transparencia@cvj.sc.gov.br