Imprimir
PDF

Desembargador Newton Trisotto é Cidadão Honorário

Em noite de comemoração e plenário disputado, o desembargador Newton Trisotto recebeu a outorga de cidadão honorário de Joinville da Câmara de Vereadores. Newton é o presidente do Tribunal Regional de Santa Catarina e destacou-se pelo empenho e trabalho em busca de melhorias para o Poder Judiciário da cidade.

O juiz de direito Davidson Jahn Mello, da 3º Vara da Família, representando a 3º Coordenadoria de Magistrados, destacou a luta de Newton em relação à 105º Zona Eleitoral do município, instalada em dezembro de 2010. O autor da proposição, vereador Maurício Peixer, enalteceu em seu discurso a luta de Trisotto em prol da comunidade joinvilense.

É um verdadeiro joinvilense, enfatizou.

O presidente da Câmara de Vereadores, Odir Nunes, falou sobre a postura ética e a carreira brilhante do homenageado. Em ato simbólico, Odir, junto com os vereadores presentes, entregaram a placa comemorativa que outorga o título de cidadão honorário de Joinville a Newton Trisotto.

Sobre o homenageado

Atua como magistrado desde 1976. Em Joinville, atuou como juiz entre 1986 a 1994. Durante seis anos foi juiz eleitoral de Joinville (1988-1994). Ministrou aulas de direito na Univille. Tornou-se desembargador do Tribunal de Justiça de SC em fevereiro de 1997. Ocupou o cargo de corregedor-geral entre 2006 a 2010. Eleito presidente do TRE em 2010.

Imprimir
PDF

Câmara apresenta proposta para viabilizar construção de passarela sobre Rio Cachoeira

Por Felipe Faria.

O presidente Odir Nunes acabar de anunciar na sessão solene de outorga do Título de Cidadão Honorário ao desembargador Newton Trisotto uma solução para que a tão aguardada passarela sobre o Rio Cachoeira, que facilitaria o acesso da população à Câmara e ao Fórum, seja, finalmente, construída. A Câmara de Vereadores de Joinville vai renunciar parte de duodécimo (repasse mensal que a Prefeitura faz para que a Câmara organize sua economia interna) para que o Poder Executivo possa formar uma poupança e realizar a benfeitoria.

Odir Nunes já discutiu o assunto com o prefeito Carlito Merss e com o chefe de gabinete Eduardo Dalbosco. Os valores ainda não estão definidos, mas os líderes dos poderes Executivo e Legislativo apostam em algo em torno de R$ 350 mil.

O parlamentar, acredita que, renunciando a cerca de R$ 50 mil por mês, o que representa  perto de 2% do repasse mensal que a Prefeitura faz para a Câmara, haveria condições de o prefeito formar uma poupança consistente para a obra ao longo de pelo menos oito meses ou pelo tempo que for necessário para juntar o montante necessário.

A Fundação IPPUJ já desenvolveu um projeto para a passarela. Ela seria essencialmente metálica, teria 2,5 metros de largura útil por 25 metros de comprimento. Pelo esboço, ligaria as duas margens do Rio Cachoeira bem em frente à porta principal do Centreventos Cau Hansen.

Haveria, ainda, melhorias nas calçadas e criação de ciclovias nas imediações da passarela. Quando pronta, a expectativa é que de três a cinco mil pessoas a utilizem diariamente, já que serviria à população que precisa dos serviços do Fórum, da Justiça Federal e da Câmara de Vereadores de Joinville.

O assunto na Câmara

  • Indicação 282/09
  • Indicação 594/09
  • Indicação 2.972/09
  • Moção 250/09
  • Moção 86/11
Imprimir
PDF

Deter garante que linha de ônibus será ampliada

O prefeito de Araquari, João Pedro Woitexem e o secretário de Administração e Finanças Marcos da Maia Vicente receberam, na manhã de hoje, do presidente do Departamento de Transportes e Terminais (Deter) Sandro Silva a garantia que em curto espaço de tempo estará solucionada a polêmica questão da extensão da linha de ônibus coletivo intermunicipal entre Joinville e o município vizinho. O encontro foi uma iniciativa do presidente da Câmara de Vereadores de Joinville, vereador Odir Nunes. Para Silva, este assunto virou polêmica, ao longo de mais de 10 anos, porque faltou “vontade política” para uma solução. Mas agora, disse, “será definitivamente solucionado”. Para isso será agendada uma reunião, na Secretaria de Estado do Desenvolvimento Regional com a participação do prefeito de Joinville e de Araquari. Woitexem defende que o ponto final seja na entrada da localidade de Porto Grande, onde deverá ser construído um terminal, podendo ser em parceria com a iniciativa privada.{jcomments on}

Imprimir
PDF

Magistrados visitam Presidente

A noite que celebrou a outorga de título Cidadão Honorário de Joinville ao desembargador Newton Trisotto foi cenário de muitas visitas e felicitações. Na ocasião, na sala vip da presidência, Odir recebeu magistrados do Estado. Os desembargadores Sérgio Paladino, Nelson Schaefer Martins e o juiz Oscar Juvêncio Borges Neto foram congratulados pelo presidente do legislativo com o livro que conta a história da Câmara. Na ocasião, o desembargador Sérgio Paladino anunciou que assume a presidência do TRE de Santa Catarina na próxima quinta-feira, dia 24/03. Ana Patrícia Tancredo Preteli, assessora de imprensa, também foi presenteada com o livro “Da Comuna aos Tempos Atuais: a história do legislativo de Joinville”.

Imprimir
PDF

Vereadores debatem a Região Metropolitana

O primeiro passo para a instalação da Região Metropolitana da região Nordeste de Santa Catarina foi dado hoje, por iniciativa do presidente da Câmara de Vereadores de Joinville, vereador Odir Nunes, que é o representante da União dos Vereadores de Santa Catarina (Uvesc) para as regiões metropolitanas. No encontro, que reuniu vereadores de seis dos nove municípios convidados, temas como cheias, coleta, processamento e destinação do lixo, abastecimento de água, energia elétrica, transporte intermunicipal, estradas, meio ambiente e outros que afetam as cidades foram discutidos.

Atualmente, o lixo urbano de Araquari está sendo destinando para o aterro de Brusque, para onde vai também o lixo de Barra Velha. Itapoá manda seus resíduos para Mafra, enquanto o de Balneário Barra do Sul segue para o aterro sanitário de Joinville. Isso causa transtornos e custos para quem manda e para quem recebe o lixo, entendem os vereadores. Odir relatou que a Associação Comercial e Industrial de Joinville (Acij) fez um estudo de viabilidade técnica que apontou como solução a instalação de uma usina de reciclagem e produção de energia com o lixo e que a melhor localização para o projeto é Guaramirim. Com relação aos resíduos de materiais de construção o município de Araquari já possui local próprio para destinação e processamento, onde a prefeitura cedeu o galpão e terceirizou o funcionamento. Inclusive, Itapoá já visitou Araquari para a implantação de um local com as mesmas finalidades. Sobre a questão do transporte intermunicipal o presidente do Departamento de Transportes e Terminais (Deter), Sandro Silva comprometeu-se em agilizar a solução para Garuva e Araquari, que também deverá receber uma rodoviária, assim como Itapoá e outros municípios, “e na medida em que forem surgindo os problemas é nosso compromisso atender a todos as cidades da região”. O vereador Norberto Weber enfatizou que Garuva possui dois sérios problemas: inificiência no abastecimento de água e a falta de um contorno rodoviário para desviar o tráfego de mais de três mil caminhões a partir do funcionamento do porto de Itapoá. E também o tráfego da rodovia SC-415 que passa pelo centro do município. O prefeito de Araquari, João Pedro Woitexem citou o projeto de pavimentação da Estrada Rio do Morro, cujos recursos já tinham sido assegurados pelo então governador Luiz Henrique da Silveira, porém, a obra não saiu do papel. Todos os políticos presentes foram unânimes que a alternativa para a solução dos inúmeros problemas dos municípios da região deverá ser uma gestão compartilhada. E para tratar sobre estradas e cheias estará em Joinville, na segunda-feira, na Comissão de Finanças da câmara o secretário de Estado da Infraestrutura, Valdir Cobalchini. Acij, Celesc, Casan, Secretaria de Estado do Desenvolvimento Regional serão convidados para a próxima reunião em data a ser definida previamente.{jcomments on}

Portal da Transparência

Você pode acompanhar toda a prestação de contas da Câmara de Vereadores de Joinville por meio dos menus ao lado. Para mais informações, com base na Lei de Acesso à Informação, utilize o e-mail.

transparencia@cvj.sc.gov.br