• Sessão Especial 27/09/2017
  • Sessão Especial 27/09/2017
  • Acesse o portal da transparência
Blog da LOT

População do Comasa pede mais segurança

A população do Comasa lotou o salão paroquial da Igreja São Paulo Apóstolo para participar, na noite desta segunda-feira (15), de audiência pública realizada pela Câmara de Vereadores de Joinville para tratar da segurança no bairro. A reunião foi uma solicitação dos próprios moradores, após um caso de latrocínio. 

Durante a audiência, a população reclamou que falta policiamento e de um posto policial na região. De acordo com o morador Marcelino Luis da Silva, há alguns anos tiraram um posto policial que ficava no bairro, e isso piorou a segurança.

Para o padre da Paróquia São Paulo Apóstolo Adriano Guarinini, é necessário que a Guarda Municipal faça rondas na região, especialmente nos momentos de entrada e saída das escolas para inibir o uso de drogas.

Além da população local, estavam presentes autoridades, entre elas a delegada regional de Polícia Civil, Tania Harada, e o comandante do 8º Batalhão de Policia Militar, Jofrey Santos da Silva.

Latrocínio

No dia 17 de abril, o dono de panificadora Julio Cezar Vieira morreu após uma tentativa de assalto. A irmã da vítima, Joice Vieira, afirmou na audiência pública que os comerciantes não têm paz para trabalhar. “Muitos comércios estão fechando por cauda da violência, e não só por causa da crise. A população de Joinville dobrou nos últimos 10 anos e o efetivo de policiais continua pequeno”, disse. Sobre o caso, a delegada Tania Harada afirmou que já foi expedido mandado de prisão para prender o acusado do crime. 

Texto: Jornalismo CVJ, por Marina Bosio / Foto: Nilson Bastian

Portal da Transparência

Você pode acompanhar toda a prestação de contas da Câmara de Vereadores de Joinville por meio dos menus ao lado. Para mais informações, com base na Lei de Acesso à Informação, utilize o e-mail.

transparencia@cvj.sc.gov.br