• A gente faz
  • Sessão Solene
  • Siga a CVJ nas redes sociais
  • AP
  • Sessão Especial de junho
  • Sessão Especial de julho 
Imprimir
PDF

Câmara faz homenagens a personalidades e entidades de Joinville

Por Jornalismo CVJ.

mirins

A Câmara de Vereadores de Joinville homenageou três instituições e uma personalidade que prestam serviços na cidade durante a sessão especial do mês de setembro. O encontro foi realizado na noite de ontem no plenário e apresentou a Igreja Imaculada Conceição, a Câmara de Dirigentes Logistas (CDL), Ronaldo do Mercado Classe A e o Centro Integrado João de Paula.

A Igreja Imaculada Conceição teve sua capela erguida em 1955. Porém, a primeira celebração religiosa do Bairro Boa Vista foi em 1930, presidida pelo Padre Ary Bauer, vigário da Catedral de Joinville na época. Pouco tempo depois, uma missa na região marcaria a sede da futura capela,que teve como escolha de padroeiro, um grupo de devotos de Nossa Senhora da Imaculada Conceição. A igreja se transformou em paróquia e hoje convida o cristão a fazer parte da igreja, não apenas frequentá-la.

Já a Câmara de Dirigentes Logistas (CDL) surgiu há 50 anos, por iniciativa dos empresários Germano Stein Jr. e Alfredo Salfer, que desejavam fortalecer o comércio da cidade. Ao longo de sua história, a CDL é marcada pelas campanhas e ações de fomento ao comércio, além de acompanhar a luta por segurança pública, redução de impostos, concorrência justa e contra a pirataria.

Ronaldo Teixeira é mais conhecido na cidade como Ronaldo do Classe A. Presidente da Associação dos boxitas do Mercado Municipal, ele ajudava desde pequeno os pais na peixaria da família. Quando perdeu o pai, Ronaldo assumiu o negócio com a mãe, Dulcinéia. A peixaria que começou em um simples box alugado, cresceu até possuir o próprio box em 1991e adquirir outros até se tornar como é hoje. Ronaldo sempre batalhou pelas melhorias do estabelecimento, reconhecimento do mercado, qualidade, preço e melhor atendimento.

O Centro Integrado João de Paula começou suas atividades em 1940, com o objetivo de trabalhar o fortalecimento dos vínculos familiares de jovens de baixa renda ou situação de risco. Atualmente ele tem capacidade de atender 40 jovens que estejam cursando o ensino médio nas escolas públicas do município. Além de cursos profissionalizantes, também são oferecidas oficinas de artesanato, educação cristã, inglês, reforço escolar, música, leitura e teatro.

Texto: Carolina Manske, estagiária / Edição: Marina Bosio / Foto: Sabrina Seibel

Portal da Transparência

Você pode acompanhar toda a prestação de contas da Câmara de Vereadores de Joinville por meio dos menus ao lado. Para mais informações, com base na Lei de Acesso à Informação, utilize o e-mail.

transparencia@cvj.sc.gov.br