• AP
  • Sessão Especial de junho
  • Siga a CVJ nas redes sociais
  • Sessão Especial de julho 
  • Sessão Solene
  • A gente faz
Imprimir
PDF

Vereadores querem rigor na fiscalização de prédios públicos

Por Jornalismo CVJ.

Câmara de Vereadores de Joinville
Foto Mauro Arthur Schlieck

O desabamento do telhado do prédio da Secretaria de Meio Ambiente (Sama), na semana passada, repercutiu na sessão de hoje (6), a primeira desde o acidente. James Schroeder (PDT) pediu para "tirar da geladeira" projeto de lei, que tramita desde 2015, que pede que locais com grande fluxo de pessoas façam, de cinco em cinco anos, uma avaliação de segurança dos locais. O PL está em Urbanismo.

Odir Nunes (PSDB) comunicou que está entrando com Requerimento para a formação de uma comissão com o objetivo de fazer uma análise de todos os prédios públicos de Joinville.

Segundo Maurício Peixer (PR), servidores da secretaria tinham avisado sobre goteira e infiltração no teto. "Tem que ser investigado, não pode ficar assim".

Violência

Ana Rita (PROS) Usou a tribuna para divulgar a campanha entitulada "Mais Amor, Menos Ódio". Campanha da Prefeitura com entidades do município. A mensagem da campanha é dar um basta na violência contra a mulher. Segundo a vereadora, parte da campanha vai ser feita através de rodas de conversa nos CRAS de Joinville.

Canudos

Fábio Dalonso (PSD)comentou a aprovação do Projeto que estabelece o uso de canudos reciclados e biodegradáveis em Joinville. Para o vereador, houve grande aceitação do projeto por parte dos joinvilenses. "Lá na frente nossos filhos e netos vão nos cobrar para que tenhamos tomado ações sustentáveis".

Carnaval

Lioilson Corrêa (PSC) lamentou situação durante o desfile de uma Escola de Samba de São Paulo que apresentou Satanás derrotando Cristo. "No nosso entendimento isto ofende a fé da grande maioria dos brasileiros. Foi um grande desrespeito".

Educação

Roque Mattei (MDB) lembrou a chegada do aniversário de Joinville. Ele citou que a cidade vem despontando em indicadores de extrema relevância.

Padre Facchini

Fachini (MDB) falou sobre a Campanha da Fraternidade e lembrou o falecimento do Padre Luiz Facchini, seu tio, há um ano. O vereador citou o trabalho social de Luiz Facchini. "Foram mais de 25 anos das cozinhas comunitárias. Foram mais 4.500 refeições servidadas diariamente".

Xenofobia

Iracema Bento (PSB) repercutiu notícia de empresa de Joinville que teria demitido um haitiano por ser haitiano. Ela não quis citar o nome da empresa. "Temos que dar vez e voz a todos".


Notícias Relacionadas


Se você quer fazer uma correção, sugestão ou crítica, envie um e-mail para Este endereço de e-mail está protegido contra spambots. Você deve habilitar o JavaScript para visualizá-lo. ou uma mensagem no WhatsApp (47) 98873-7517.

Portal da Transparência

Você pode acompanhar toda a prestação de contas da Câmara de Vereadores de Joinville por meio dos menus ao lado. Para mais informações, com base na Lei de Acesso à Informação, utilize o e-mail.

transparencia@cvj.sc.gov.br