• Recesso
  • Acesse o portal da transparência
Blog da LOT

Demora na fila da colonoscopia em Joinville é assunto na sessão

A espera de até um ano por exames de colonoscopia em Joinville por pacientes com doenças inflamatórias intestinais foi assunto na sessão de hoje (25).

Marlon Sagaz, suplente do Solidariedade, apresentou moção pedindo rapidez à Secretaria de Saúde do município. O médico Harry Kleinübing Júnior usou a Tribuna Livre para falar de prevenção em nome de uma associação estadual de pessoas com doenças inflamatórias. Segundo ele, cerca de 500 pessoas na cidade precisam do exame de colonoscopia.

A moção de Sagaz sugere que a colonoscopia seja tratada como “exame de alta prioridade”, principalmente para pacientes com suspeita de doença de crohn, enfermidade que se manifesta no tubo digestivo.

A espera pelo exame já foi debatida na Comissão de Saúde, segundo seu presidente, Maurício Peixer (PR), motivando uma conversa com a Secretaria de Saúde, que se comprometeu a abaixar o tempo dos pacientes na fila. A pasta pode ser questionada quando fizer a prestação de contas na Câmara, sugeriu o vereador.

Sintomas e tratamento

A doença de Crohn pode se manifestar em qualquer parte do tubo digestivo, segundo a Sociedade Brasileira de Coloproctologia. Ela não tem cura e nem uma causa clara.

Estomatites (inflamações na boca), diarreia, dor no abdômen, perda de peso e febre são os sintomas mais comuns.

A melhor forma de diagnosticar a doença é o exame de colonoscopia com biopsia do íleo, parte final do intestino delgado.

O tratamento inclui o uso de corticoides, medicamentos que contêm hormônios anti-inflamatórios produzidos pelo corpo.

Texto: Jornalismo CVJ, por Carlos Henrique Braga. Edição: Jeferson dos Santos.

Portal da Transparência

Você pode acompanhar toda a prestação de contas da Câmara de Vereadores de Joinville por meio dos menus ao lado. Para mais informações, com base na Lei de Acesso à Informação, utilize o e-mail.

transparencia@cvj.sc.gov.br