• Sessão Especial
  • Sessão Solene
  • WhatsApp
  • Outorga Onerosa
Imprimir
PDF

Projeto de escritórios virtuais é vetado e não deve virar lei

Por Marina Bosio.

Comissão de Legislação
Foto de Nilson Bastian

A Comissão de Legislação aprovou nesta segunda-feira (1º) parecer que acata o veto total do prefeito ao Projeto de Lei Complementar 45/2017, que pretendia regulamentar os escritórios virtuais em Joinville. O projeto, de autoria do vereador Jaime Evaristo (PSC), fora aprovado em agosto. Udo Döhler (MDB) alegou que a proposta tenta normatizar assuntos que são de competência exclusiva da União. O veto ainda deve ser votado em Plenário, onde pode ser derrubado.

Ainda nesta segunda, a Comissão de Legislação marcou para o próximo dia 15 uma audiência pública para debater o Projeto de Lei Complementar 47/2018, da Prefeitura, que pretende alterar a Lei de Ordenamento Territorial (LOT) para fazer modificações nos Setores Especiais de Conservação de Várzeas.

Areia de Fundição

A Comissão aprovou também nesta segunda o Projeto de Lei Complementar 35/2018, do vereador Wilson Paraíba (PSB), que faz alterações na Lei Complementar 505/2018, sancionada em junho, que regulamentou o uso da Areia Descartada de Fundição em obras públicas em Joinville.

A proposta pretende atualizar os requisitos para a utilização da ADF, de acordo com uma lei estadual aprovada em janeiro deste ano. O PLC ainda será analisado na Comissão de Urbanismo antes de ser votado em Plenário.


Notícias Relacionadas


Se você quer fazer uma sugestão, crítica ou correção sobre esta matéria, envie um e-mail para Este endereço de e-mail está protegido contra spambots. Você deve habilitar o JavaScript para visualizá-lo. ou uma mensagem no WhatsApp (47) 98873-7517.

Portal da Transparência

Você pode acompanhar toda a prestação de contas da Câmara de Vereadores de Joinville por meio dos menus ao lado. Para mais informações, com base na Lei de Acesso à Informação, utilize o e-mail.

transparencia@cvj.sc.gov.br