• Sessão Solene
  • 150 anos
  • República
  • Audiência Pública
  • WhatsApp
  • Sessão Especial
Imprimir
PDF

Saúde vai acompanhar melhorias no sistema de agendamento no São José

Por Felipe Faria.

Comissão de Saúde

A Comissão de Saúde vai acompanhar a instalação de um novo sistema no Hospital São José, que promete dar mais rapidez ao agendamento de consultas de retorno a médicos especialistas, afirmou hoje o presidente da comissão, Maurício Peixer (PR). Ontem representantes da Secretaria de Saúde foram ouvidos pelos vereadores sobre queixas de pacientes quanto à demora no agendamento.

Um dos motivos da demora são o excesso de consultas (algumas seriam encaminhadas desnecessariamente pelos postos) e as limitações do sistema, que só marca retornos no mesmo mês.

Com esse sistema novo implantado, vai diminuir esses casos (de consultas desnecessárias) e a consulta vai ser mais rápida (Peixer).

A discussão foi sugerida por Adilson Girardi (Solidariedade), que ouviu reclamações sobre demora nos retornos não prioritários. Ele reconhece que vai levar tempo para resolver o problema.

Isso é uma realidade que não se resolve de uma hora para a outra. A Secretaria explicou dentro da realidade da saúde pública de Joinville, mas sabemos que ainda precisa evoluir muito (Girardi).

O vereador disse, ainda, que pode haver orientações de não encaminhar casos desnecessários, mas que isso não pode prejudicar quem realmente precisa e não consegue o retorno.

Daí o paciente ter de pagar uma consulta privada não é o caminho. Creio que é a minoria, mas há esse conflito. Temos de achar o meio-termo, com bom senso, é uma questão de gestão (Girari).

Relembre a alegação do Poder Executivo

A gerente de Regulação da Saúde da Secretaria de Saúde do município, Simone de Souza, afirmou que, para muitas especialidades, a demanda de novas consultas é crescente. Isso dificulta o agendamento dos retornos dentro dos prazos. Com ajustes nos processos regulatórios, será possível saber a real necessidade do encaminhamento.

O diretor-executivo da Secretaria de Saúde, Douglas Machado, explicou que a intenção é aumentar a atuação de médicos reguladores e trabalhar os protocolos de atendimento para avaliar possíveis encaminhamentos desnecessários para o ambulatório de especialidades, o que, segundo ele, aumenta a demanda de consultas e sobrecarrega o hospital.

Reportagem de Carlos Henrique Braga e Marina Bosio, com edição de Felipe Faria e foto de Nilson Bastian

Portal da Transparência

Você pode acompanhar toda a prestação de contas da Câmara de Vereadores de Joinville por meio dos menus ao lado. Para mais informações, com base na Lei de Acesso à Informação, utilize o e-mail.

transparencia@cvj.sc.gov.br