• Sessão Especial
  • Siga a CVJ nas redes sociais
  • A gente faz
  • Marco Regulatório
  • Jovem Autor
  • Jovem Autor 
Imprimir
PDF

Vereadores debatem a Região Metropolitana

O primeiro passo para a instalação da Região Metropolitana da região Nordeste de Santa Catarina foi dado hoje, por iniciativa do presidente da Câmara de Vereadores de Joinville, vereador Odir Nunes, que é o representante da União dos Vereadores de Santa Catarina (Uvesc) para as regiões metropolitanas. No encontro, que reuniu vereadores de seis dos nove municípios convidados, temas como cheias, coleta, processamento e destinação do lixo, abastecimento de água, energia elétrica, transporte intermunicipal, estradas, meio ambiente e outros que afetam as cidades foram discutidos.

Atualmente, o lixo urbano de Araquari está sendo destinando para o aterro de Brusque, para onde vai também o lixo de Barra Velha. Itapoá manda seus resíduos para Mafra, enquanto o de Balneário Barra do Sul segue para o aterro sanitário de Joinville. Isso causa transtornos e custos para quem manda e para quem recebe o lixo, entendem os vereadores. Odir relatou que a Associação Comercial e Industrial de Joinville (Acij) fez um estudo de viabilidade técnica que apontou como solução a instalação de uma usina de reciclagem e produção de energia com o lixo e que a melhor localização para o projeto é Guaramirim. Com relação aos resíduos de materiais de construção o município de Araquari já possui local próprio para destinação e processamento, onde a prefeitura cedeu o galpão e terceirizou o funcionamento. Inclusive, Itapoá já visitou Araquari para a implantação de um local com as mesmas finalidades. Sobre a questão do transporte intermunicipal o presidente do Departamento de Transportes e Terminais (Deter), Sandro Silva comprometeu-se em agilizar a solução para Garuva e Araquari, que também deverá receber uma rodoviária, assim como Itapoá e outros municípios, “e na medida em que forem surgindo os problemas é nosso compromisso atender a todos as cidades da região”. O vereador Norberto Weber enfatizou que Garuva possui dois sérios problemas: inificiência no abastecimento de água e a falta de um contorno rodoviário para desviar o tráfego de mais de três mil caminhões a partir do funcionamento do porto de Itapoá. E também o tráfego da rodovia SC-415 que passa pelo centro do município. O prefeito de Araquari, João Pedro Woitexem citou o projeto de pavimentação da Estrada Rio do Morro, cujos recursos já tinham sido assegurados pelo então governador Luiz Henrique da Silveira, porém, a obra não saiu do papel. Todos os políticos presentes foram unânimes que a alternativa para a solução dos inúmeros problemas dos municípios da região deverá ser uma gestão compartilhada. E para tratar sobre estradas e cheias estará em Joinville, na segunda-feira, na Comissão de Finanças da câmara o secretário de Estado da Infraestrutura, Valdir Cobalchini. Acij, Celesc, Casan, Secretaria de Estado do Desenvolvimento Regional serão convidados para a próxima reunião em data a ser definida previamente.{jcomments on}

Portal da Transparência

Você pode acompanhar toda a prestação de contas da Câmara de Vereadores de Joinville por meio dos menus ao lado. Para mais informações, com base na Lei de Acesso à Informação, utilize o e-mail.

transparencia@cvj.sc.gov.br