• Siga a CVJ nas redes sociais
Imprimir
PDF

Instituição Bethesda procura Odir Nunes

O presidente da Câmara de Vereadores de Joinville, vereador Odir Nunes, recebeu na manhã de hoje, para uma audiência, o presidente do Conselho Diretor do Hospital e Ancionato Bethesda, Décio Krelling, a secretária Íris Eberhardt Boldt e os conselheiros Carmem Seefeld e Clóvis Seefeldt. O grupo falou sobre as dificuldades financeiras que atravessa a instituição e pediu a intervenção do presidente do legislativo junto as Secretarias Estadual e Municipal de Saúde para evitar que resulte na desativação dos serviços que são prestados à comunidade, como o Pronto Atendimento 24 horas que atende 4,5 mil pessoas/mês, sendo que 40% são oriundos de outros bairros de Joinville.

O custo mensal do PA soma R$ 116 mil, enquanto a receita é de R$ 110 mil, “estamos fechando todos os meses com déficit, e nem cobramos aluguel porque as instalações são do hospital”, alertou Krelling. Também o hospital passa por situação financeira difícil. Para se ter uma idéia em dezembro, passado, as despesas somaram R$ 121 mil e a receita foi apenas R$ 75 mil. A recente reforma do centro cirúrgico custou à instituição, que é filantrópica, R$ 350 mil, no entanto, enfrenta dificuldades para equipar o setor, pois a instrumentalização, aparelhos e equipamentos são caros.

Além das recentes reclamações e cobranças do corpo clínico que quer equiparação salarial com os profissionais dos três PAs do perímetro urbano de Joinville, cujos valores são superiores. Para normalizar a situação financeira da instituição seriam necessários recursos de R$ 80 mil para custear a folha de pagamento. “Uma entidade filantrópica não consegue sobreviver com tamanha dificuldade”, reconhece o diretor. Diante dos fatos, Odir Nunes sugeriu que o conselho crie uma Organização da Sociadade Civil de Interesse Público (Oscip), que “está sendo a solução para o Hospital Infantil e será para as instituições filantrópicas de todo o país”, reforçou o parlamentar, que irá agendar audiências com o prefeito de Joinville e o secretário Estadual da Saúde, Dalmo Claro de Oliveira para, a curto prazo, encontrar uma solução para o problema.{jcomments on}

Portal da Transparência

Você pode acompanhar toda a prestação de contas da Câmara de Vereadores de Joinville por meio dos menus ao lado. Para mais informações, com base na Lei de Acesso à Informação, utilize o e-mail.

transparencia@cvj.sc.gov.br