• Acesse o portal da transparência
  • Sessão Especial 29/11/2017
Blog da LOT

Comissão de Saúde discute distribuição de fraldas geriátricas

A Comissão de Saúde discutiu na tarde de hoje a distribuição de fraldas geriátricas para idosos em Joinville. Segundo a presidente do Conselho Municipal dos Direitos do Idoso em Joinville, Luciane Pereira Frutuoso, o fornecimento foi cortado em junho desse ano, sem nenhum aviso prévio as famílias que recebiam o benefício.

“Foi tomada uma decisão equivocada, sem critérios”, disse o vereador Odir Nunes (PSDB). Segundo a secretária de Saúde, Francieli Cristini Schultz, o Ministério da Saúde não repassa recursos para o custeio das fraldas. “Seriam R$ 6 milhões por ano para o custear as fraldas. É muita coisa e não conseguimos custear”, disse Francieli. Desde outubro de 2013, a Secretaria Municipal de Saúde é responsável pelo repasse das fraldas geriátricas.

De acordo com a secretária, para as pessoas que possuem problemas de saúde ou são deficientes, as fraldas estão sendo distribuídas. Os demais idosos recebem a Caderneta de Saúde da Pessoa Idosa, elaborada pelo Ministério da Saúde, para assim receber desconto na Farmácia Popular. O desconto da Farmácia Popular nas fraldas deveria chegar a 90%, mas, segundo Conselho Municipal dos Direitos do Idoso, não passa de 20%.

A comissão vai fazer um ofício para a Secretaria Nacional do Consumidor com o objetivo de fiscalizar as Farmácias Populares que não estão repassando a porcentagem correta de desconto para as fraldas. Além disso, os vereadores pediram que a Secretaria de Saúde estabeleça critérios para o repasse das fraldas.

Texto: Talissa Peixer, estagiária / Edição: Marina Bosio / Foto: Sabrina Seibel

Portal da Transparência

Você pode acompanhar toda a prestação de contas da Câmara de Vereadores de Joinville por meio dos menus ao lado. Para mais informações, com base na Lei de Acesso à Informação, utilize o e-mail.

transparencia@cvj.sc.gov.br